O uso do hífen

O

O Acordo Ortográfico trouxe algumas mudanças nas regras gramaticais de nossa língua, como foi o caso do uso de hífen. Diante disso, hoje, veremos algumas regras de utilização:

  • Quando o prefixo termina com uma vogal e o segundo elemento começa com essa mesma vogal:

micro-ondas, anti-inflamatório
(exceto prefixos ‘co’, ‘pro’ e ‘re’)

  • Quando o prefixo termina com uma consoante e o segundo elemento começa com a mesma consoante:

inter-regional, inter-racial

  •  Quando o segundo elemento começa com ‘h’:

super-homem, anti-herói
(exceto palavras já consagradas: reidratar, reabilitar, reaver, desumano, inabitável, desonesto)

  •  Depois do prefixo ‘sub’, desde que o segundo elemento se inicie com ‘r’:

sub-raça, sub-regional

  • Depois dos prefixos ‘ex’, ‘pós’, ‘pré’, ‘pró’, ‘recém’, ‘vice,’ ‘além’, ‘aquém’:

vice-prefeito, pós-graduação

Essas regras irão te ajudar a empregar o hífen de maneira correta, em algumas  situações, o que te ajudará na Competência I.

Até logo!

___________________________________

Se ainda tiver dúvidas sobre as competências do ENEM, leia o artigo com a análise completa de uma Redação Nota 1000 do ENEM.

Quer melhorar a sua escrita? Acesse o site do Projeto Redação.

Sobre o autor

Julio Sousa

Macapaense de nascimento e goiano de coração. Fundador dos sites Rumo ao ITA, Futuro Militar, Projeto Medicina e Sistema Zeus.

Por Julio Sousa

Leia também: