Quando não usar o hífen?

Q

No post anterior, vimos algumas regras de uso do hífen. Agora, veremos quando não usar.

 

  • Quando o prefixo termina com uma vogal e o segundo termo começa com uma vogal diferente:

 

autoescola, autoestima

 

  • Quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa com ‘r’ ou ‘s’, há a duplicação da consoante:

 

minissaia, antissocial

 

  • Quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa com consoante diferente de ‘r’ e ‘s’:

 

seminovo, microcomputador

 

  • Quando o prefixo termina com consoante e o segundo elemento se inicia com vogal:

 

hiperativo, interestadual

 

  • Em palavras que perderam a noção de composição:

 

girassol, paraquedas

Com essas regrinhas, você evitará a escrita equivocada e, consequentemente, evitará a perda de pontos na Competência I.

Tenha sempre bastante atenção!

Até mais!

___________________________________

Se ainda tiver dúvidas sobre as competências do ENEM, leia o artigo com a análise completa de uma Redação Nota 1000 do ENEM.

Quer melhorar a sua escrita? Acesse o site do Projeto Redação.

 

 

Sobre o autor

Julio Sousa

Macapaense de nascimento e goiano de coração. Fundador dos sites Rumo ao ITA, Futuro Militar, Projeto Medicina e Sistema Zeus.

Por Julio Sousa

Leia também: