Os significados de pronomes, sinônimos, hiperônimos e hipônimos

O

A repetição de palavras e termos

E aí, tudo bem?

Hoje, nós iremos falar de algo muito recorrente em produções textuais, a repetição de palavras e termos.

Esse fato faz com que o texto fique cansativo, repetitivo e pode até prejudicar a compreensão das ideias por parte do leitor.

Todavia, existem algumas estratégias que podem ser utilizadas, como o uso de pronomes, sinônimos, hiperônimos e hipônimos.

Vamos entender cada um desses recursos?

Pronomes – são usados para substituir  ou acompanhar os nomes

Ex.: A menina é uma aluna muito estudiosa. Com certeza, a menina entrará em uma boa universidade.

Com o uso de pronome: A menina é uma aluna muito estudiosa. Com certeza, ela entrará em uma boa universidade.

Sinônimos – são palavras que possuem o mesmo significado ou sentidos muito semelhantes

Ex: Os alunos tiveram um ótimo desempenho no simulado. Por isso, os alunos irão receber um prêmio.

Com o uso de sinônimo: Os alunos tiveram um ótimo desempenho no simulado. Por isso, os estudantes irão receber um prêmio.

Hiperônimos – palavras de sentido mais amplo

Hipônimos – palavras de sentido mais restrito

Ex: O menino gosta muito de pássaros. Ele possui uma gaiola com papagaio, periquito e canarinho.

Hiperônimo: pássaros

Hipônimos: papagaio, periquito e canarinho

Evitando a repetição de palavras e termos

Essas são algumas estratégias que você pode utilizar para evitar a repetição de palavras e termos, o que vai impedir que você produza um texto cansativo.

Por isso, é importante que você tenha um bom repertório lexical e você pode adquirir isso a partir de leituras variadas.

Além disso, uma boa dica é usar um dicionário sempre que estiver treinando ou produzindo um texto, isso fará com que você enriqueça o seu repertório.

Até mais!

Sobre o autor

Julio Sousa

Macapaense de nascimento e goiano de coração. Fundador dos sites Rumo ao ITA, Futuro Militar, Projeto Medicina e Sistema Zeus.

Adicionar comentário

Leia também: